Viagens aéreas de Beto Richa custaram mais de R$ 32 milhões

(foto Gazeta do Povo)

Enquanto ficou à frente do Palácio Iguaçu, Beto Richa viajou 779 mil e 265 quilômetros com o jatinho alugado pelo governo do Estado. Isso sem contar as 2.401 horas que voou com o helicóptero, também alugado. O custo? Só com o aluguel do jatinho, 28 milhões de reais e, do helicóptero, 4 milhões de reais.
Numa simbologia entre a Terra e a Lua, cuja distância é de 348.403 quilômetros, podemos dizer Beto Richa poderia ter feito duas viagens à Lua, comparou o deputado Nereu Moura, na sessão desta terça-feira.

As informações apresentadas pelo líder da bancada do PMDB foram fornecidas pela Casa Militar do governo do Estado.
Depois de ver rejeitado seu pedido de informações apresentado em plenário, Moura acionou o Palácio Iguaçu com base na Lei de Acesso à Informação.
Segundo o deputado, ele levará os documentos ao Ministério Público, para que tome as medidas cabíveis, afinal, os R$ 32 milhões gastos com o aluguel do jatinho e do helicóptero “saíram do bolso dos paranaenses”.

O outro lado
O ex-lider de Richa na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Claudio Romanelli, que não conseguiu um aparte no discurso de Nereu Moura, foi posteriormente à tribuna para dizer que as aeronaves não serviam exclusivamente ao governador, mas que são utilizadas inclusive pela Defesa Civil.
Segundo Romanelli, Richa “nunca usou as aeronaves para uso pessoal“. (inf Roseli Abrão)