Prefeitura notifica GT Foods

A GT Foods foi notificada pela Secretaria do Meio Ambiente e Bem-Estar Animal de Maringá a propósito do mau cheiro, e ontem havia reclamações de que a fedentina chegava a Mandaguaçu.
Fiscais e técnicos comprovaram ineficiência na função dos biofiltros responsáveis pela contenção de resíduos gerados pela fábrica de farinha, o que provoca emissão na atmosfera de partículas condutoras de mau cheiro. Também constataram que lagoas utilizadas para o tratamento de resíduos oriundos do processo produtivo estão em processo de esvaziamento há mais de 30 dias e ainda não foi concluído. Fazendo sua parte, a prefeitura chegou a fazer um mapa da origem do mau cheiro na cidade.
A Maringá Orgânicos, que recebia descarte do abatedouro de aves, foi interditada por produzir mau cheiro na zona norte, mas ontem à noite a empresa anunciou que conseguiu liminar no Tribunal de Justiça. Ou seja, preparem-se que a coisa deve piorar.