Ninguém quer ser o vice

A governadora do Paraná, Cida Borghetti, foi uma das vítimas da quadrilha

Por Angelo Rigon;
Ninguém aceita ser vice da governadora Cida Borghetti (PP). O prazo final da inscrição da chapa vence hoje e mesmo com as intervenções de Ricardo Barros ainda não tem um nome.
O coronel Sergio Malucelli recusou o convite. Sua família, afinal, está fechada com a candidatura do deputado federal João Arruda, que é genro do PMN da reserva.
Também o deputado federal Luciano Ducci (PSB), ex-prefeito de Curitiba, e o vereador curitibano Pierpaolo Petruzziello (PTB) estão entre os que declinaram o convite feito por Ricardo Barros.
A situação chega a ser constrangedora, pois, lembra leitor, até o ex-presidente Lula, que está preso, conseguiu um vice (Fernando Haddad).