“Maringá Encantada não é da prefeitura, mas de todos os maringaenses”, diz prefeito

Ulisses Maia destacou que o investimento estimula as atividades econômicas e, em consequência, gera renda e emprego em diversas cadeias produtivas e de serviços

O projeto “Maringá Encantada” de 2018 segue cronograma de atividades iniciado em janeiro o e na manhã desta quarta, 5, foi detalhado o investimento na decoração, que se organiza sob o tema “Um Natal de Luz e Emoção”. O encontro realizado no Auditório Hélio Moreira, no Paço Municipal, reuniu representantes de diversas instituições, entre elas a Acim e Sivamar, cujos presidentes se manifestaram em defesa do investimento da Prefeitura de Maringá na decoração natalina.

O Natal não é da prefeitura, mas de todos os maringaenses”, disse o prefeito Ulisses Maia, destacando que o investimento estimula as atividades econômicas e, em consequência, gera renda e emprego em diversas cadeias produtivas e de serviços. “Em 2017, contabilizamos um incremento de R$ 10 milhões na arrecadação”, lembrou o prefeito, reiterando que esses recursos foram gerados pelo dinamismo da economia no período natalino.

Ulisses Maia lembrou que a cada R$ 1 investido em turismo, o retorno é de R$ 7. “Trata-se, portanto, de um investimento importante para movimentar a economia, considerando que a decoração natalina atrai visitantes e, não tenho dúvidas, é importante instrumento de incremento das atividades turísticas”, disse o prefeito, acrescentando que o projeto ′Maringá Encantada′ nasceu para ser uma atração nacional.

O vereador Sidnei Telles, representante do Legislativo na solenidade, lembrou que o projeto se consolida como evento de enorme vocação turística, reforçando o perfil da cidade para atrair visitantes. “Maringá é planejada, tem uma arquitetura moderna, com largas avenidas, condições que nos destacam como a melhor cidade do país. O projeto da decoração natalina acrescenta outro atrativo a esse perfil”, disse o vereador.

Pesquisa com visitantes vai dimensionar esse perfil, como lembrou o secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico, Francisco Favoto, atribuindo o levantamento a uma parceria entre o município e a Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Seide). “O estudo nos dará informações importantes para avançarmos num projeto natalino cada vez mais turístico, mas sem nunca perder sua característica cristã”, disse o secretário.

Para o presidente da Acim, Michel Felippe, a ação aumentará a geração de emprego na cidade. “É com bastante orgulho que apoiamos a realização do Maringá EnCantada na cidade. Estamos felizes pelo investindo da prefeitura em uma ação que atrairá maior público para o serviço e comércio, abrindo oportunidades de emprego, o que é muito importante para a economia da cidade”, disse. “Será um esforço coletivo para que o natal de Maringá seja um sucesso”, acrescentou.

Nós só temos que agradecer por este grande evento na cidade. Maringá está na contramão do cenário nacional, tentando reverter a crise, o que é muito importante para progredir. A crise se supera com o trabalho, parabéns pela iniciativa e inovação”, disse o presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio e Comércio Varejista de Maringá e Região Ali Wardani, acrescentando que “nos momentos de crise é preciso se reinventar para superar adversidades”.

Também estiveram presente o secretário de Cultura, Miguel Fernando, secretário da Fazenda, Orlando Chiqueto, secretário do Meio Ambiente e Bem Estar Animal, Ederlei Alckamim, secretário de Obras Públicas, Marcos Zucoloto, secretária de Assistência Social e Cidadania, Marta Regina Kaiser, secretário de Esportes e Lazer, Valmir Fassina, secretário de Gestão, Rogério Calazans, secretário de Segurança Pública, Antônio dos Anjos Padilha, procurador geral do município, Victor Borghi, diretora superintendente da Maringá Previdência, Cinthia Amboni, diretor presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Maringá, Moacir Morais, representante do Shopping Maringá Park, Andréa Toscano, presidente do Conselho Municipal de Turismo, Dirceu Gambini e o secretário da Pastoral do Turismo, Jair Jacovôs.