Maringá conhece as marcas de preferência do público

A 10ª edição do Prêmio IMPAR, realizada pelo Grupo RIC em parceria com o IBOPE, aconteceu na noite desta segunda-feira, 17 de junho, no Moinho eventos, com a presença do presidente do Grupo RIC, Leonardo Petrelli e do prefeito Ulisses Maia.
Em um jantar muito bem prestigiado, Maringá conheceu na noite desta segunda-feira (17) os vencedores da 10ª edição do PRÊMIO IMPAR, realizado pelo Grupo RIC em parceria com o IBOPE. As marcas não apenas lembradas, mas preferidas pelo público local, em 26 categorias foram:

Banco: Caixa Econômica Federal
Clínica Odontológica: Odontosan
Colégio Particular: Marista
Construtora de Imóveis: AYOSHI
Cooperativa de Agronegócio: COCAMAR
Cooperativa de Crédito: Sicredi
Ensino à Distância: SENAI
Ensino de Capacitação Faculdade: Unicesumar
Universidade Particular: Unicesumar
Farmácia: São Paulo
Hotel: Deville
Imobiliária: Silvio Iwata
Joalheria: Gouveia
Ótica: Gouveia
Loja de Calçados: Jorrovi
Loja de Material de Construção: Constru e CIA
Loja de Móveis e Decoração: Casas Bahia
Loja de Tintas: Metaltintas
Operadora de Telefonia: TIM
Perfume e Cosméticos Regionais: O Boticário
Plano de Saúde: UNIMED Maringá
Restaurante: Fim da Picada
Revenda de Automóveis: Zacarias Veículos
Revenda de Moto: Honda Freeway
Shopping Center: Avenida Center
Supermercado: Cidade Canção

A premiação é resultado de uma ampla pesquisa que se realiza em todas as regiões do Estado para melhor entender a nuvem imaginária da mente do consumidor paranaense. O Prêmio IMPAR revela o valor intangível de uma marca. Além do IBOPE Inteligência, com seu trabalho minucioso e excelência em pesquisa, a pesquisa conta com patrocinadores que acreditam e incentivam este projeto.
O Prêmio tem o papel fundamental de proporcionar para as empresas uma avaliação de sua reputação e apontar um caminho na definição de estratégias de crescimento, além de reforçar a missão do nosso Grupo, de fomentar o regionalismo, incentivar a economia local e fazer uma ampla reavaliação dos hábitos de consumo e comportamento dos paranaenses”, avalia o presidente do Grupo RIC, Leonardo Petrelli.