A campanha de Jair Bolsonaro está dividida

Via O Estadão:

“Nos últimos dias, as diferenças ficaram explícitas em temas como o comparecimento do candidato a debates e a escolha do vice da chapa presidencial”.
Um dos grupos é formado por antigos seguidores de Bolsonaro e seus filhos. O outro tem políticos do PSL.
Segundo o Estadão, quando Gustavo Bebianno –presidente do partido — e Julian Lemos tomam alguma decisão, enfrentam oposição dos três filhos.
Frequentemente, Bolsonaro adota posição intermediária ou muda de rumo seguidas vezes, com decisões ou declarações contraditórias”.
A divergência mais recente aconteceu quando Bebianno anunciou que o candidato do PSL não participaria dos debates, o que provocou uma reação de Carlos Bolsonaro no Twitter:
Bolsonaro tem ido a palestras, entrevistas, sabatinas e debates desde o início, e desde o mesmo início de sempre (sic), os mesmos bandidos inventam a narrativa de que ele não iria”.