41ª edição do Femucic agita Maringá em junho

A Prefeitura de Maringá, o Sistema Fecomércio Sesc Senac-PR e RPC, promovem nos dias 14 e 15 de junho, o 41ª Festival de Música Cidade Canção (Femucic). A edição contará com 26 músicas das 915 obras inscritas por intérpretes de mais de 100 cidades, de 22 estados brasileiros mais o Distrito Federal. Os ingressos para os dias do evento devem ser retirados, gratuitamente, a partir das 19 horas – uma hora antes do início da mostra – na bilheteria do Teatro Calil Haddad, local das apresentações.
O Femucic abre espaço para a música autoral e os mais diversos estilos musicais, do instrumental à canção, do frevo ao chorinho, passando pelo samba, MPB e regional. O pianista e compositor João Donato fecha a programação do Femucic, com show após as apresentações das músicas selecionadas para a mostra, no sábado, 15.
O Femucic é um dos festivais de música mais importante do país, seja pela quantidade de músicos que por ele já passaram, ou pela história que se estende por mais de 40 anos. É uma honra realizarmos juntamente com o Sesc e RPC, um projeto de tamanha magnitude e importância para Maringá”, destacou o secretário de Cultura, Miguel Fernando.

Enquanto as apresentações das músicas selecionadas não ocorrem, o evento também difunde a boa música em outros espaços da cidade, por meio de programação paralela. Os projetos Femucic nas Escolas e Femucic nas Empresas serão realizados entre os dias 10 a 14 de junho, com apresentações em escolas da rede municipal da cidade e em empresas do comércio de bens, serviços e turismo.
Shows abertos ao público também estão programados em espaços públicos da cidade, entre os dias 13 e 15 de junho. A programação completa está disponível aqui .

FEMUCIC NAS ESCOLAS
O projeto prevê concertos didáticos que serão realizados em dez escolas municipais entre os dias 10 e 14 de junho. Seis grupos selecionados para a mostra se dividem nas apresentações nas escolas – três deles de Maringá: Juliano Bittencourt, Titonho, Matuto e Capiau e Jean Michel. Também integram a programação os músicos Tavinho Limma, de Ilha Solteira (SP); Carol Naine, de São Paulo (SP), e Felipe Karam Quarteto, de Viamão (RS).
Para os alunos é muito importante ter o contato com músicos de diversas regiões, que trazem um pouco da cultura externalizada em sotaques e estilos musicais diversos. Além de ser um privilégio do contato direto, muitas vezes o autor das obras, sendo uma oportunidade de partilha e interação”, acrescenta a secretária de Cultura de Maringá, Gisele Colombari Gomes.