2ª Esfaep comemora 6º aniversário

Na próxima segunda-feira (12) será comemorado o aniversário da 2ª Escola de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização de Praças da Polícia Militar (2ª Esfaep), que completa 6 anos no dia 15 de dezembro. O evento será na Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), às 19h30, com a presença de oficiais e praças da Polícia Militar, autoridades civis e convidados.
A ocasião também contará com a presença do comandante da APMG, tenente coronel Mauro Celso Monteiro, que fará a entrega das medalhas de mérito de ensino para quatro instrutores (policiais e bombeiros militares) da 2ª Esfaep e da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG). O presidente da ACIM, José Carlos Valêncio, também receberá uma medalha em reconhecimento ao apoio prestado pela associação à escola e à segurança pública da cidade.
O capitão e comandante da 2ª Esfaep, Radamés Luciano Vinha, informa que também está programada para a cerimônia a apresentação de um breve histórico da 2ª Esfaep. A abordagem citará desde a criação da escola em 2010, o início de funcionamento em 2012, até os resultados atuais que totalizam aproximadamente de 1.500 profissionais formados.
O objetivo da iniciativa é prestar homenagens à 2ª Esfaep, seus instrutores e colaboradores, reforçando a importância da escola na atividade de apoio à Polícia Militar em relação ao ensino da tropa.

2ª Esfaep
Subunidade de ensino da APMG, a 2ª Esfaep foi idealizada pelo coronel Luiz Rodrigo Larson Carstens, então comandante geral da Polícia Militar do Paraná (PMPR), juntamente com o coronel e presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Maringá (Conseg), Antonio Tadeu Rodrigues. Também apoiaram a iniciativa o então presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Everaldo Belo Moreno, e o coronel Adilson Castilho Casitas, na época diretor de Apoio Logístico da PMPR.
A 2ª Esfaep ocupou as instalações da Escola Maria Balani Planas, que estava desativada. O imóvel, que fica no Jardim Novo Horizonte de Maringá e conta com mais de 10 mil metros quadrados de área construída, foi reformado e equipado para se constituir em um núcleo de formação técnico profissional na área de segurança pública, com capacidade para 200 policiais.
Atualmente, a estrutura disponibiliza salas de aula para a formação técnica avançada, biblioteca, sala para capacitação em defesa pessoal e para condicionamento físico, simulador de tomada de decisão, pátio de treinamento técnico, sala de informática, alojamentos, refeitório, cozinha e bloco de administração.