TSE decidirá destino de Boca Aberta

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, Luiz Oyama , encaminhou ao Tribunal Superior Eleitoral pedido do Ministério Público para cassar o diploma do deputado federal eleito Emerson Petriv (Pros), conhecido como Boca Aberta. O MP alega que ele não pode ser deputado porque tivera seu mandato de vereador de Londrina (PR) cassado em 2017.
Em sua decisão, Oyama afirma que cabe ao TSE processar e julgar recurso contra expedição de diploma envolvendo eleições federais ou estaduais. Boca Aberta foi um dos oito candidatos eleitos pelo Pros para a Câmara Federal.