“Tarifa Zero” lamenta que presidente da Viapar tenha abandonado reunião

226

Na tarde de segunda-feira (10) ocorreu a primeira reunião entre o movimento “Tarifa Zero” e o presidente da concessionária Viapar, Camilo Carvalho. O encontro foi realizado no gabinete do prefeito Romualdo Batista (PDT), e foi acompanhado por representantes da Viapar, do “Tarifa Zero”, do Executivo Municipal e dos vereadores.
Após ter recebido a contraproposta elaborada pelo movimento diante da oferta feita pela concessionária, no dia 31 de março – de dar 60% de desconto nas tarifas para os carros emplacados na cidade, além de desburocratizar o processo para ter acesso ao benefício – o presidente da Viapar deixou o local, o que fez com que o encontro durasse apenas 15 minutos e não houvesse de fato uma negociação. Em redes sociais, integrantes do “Tarifa Zero” reprovaram a atitude de Camilo e divulgaram nota a respeito do assunto.

Na reunião do dia 10 de abril passado, com representantes do Movimento Tarifa Zero e poder público constituído através de prefeito, vice-prefeito e a totalidade dos vereadores de Mandaguari, a concessionária se fez representar pelo senhor Camilo Carvalho, que de forma intempestiva abandonou a reunião, sem explicação, por se sentir ofendido pessoalmente com o teor do documento apresentado por este movimento. Com essa postura, a instituição Rodovias Integradas Viapar S/A, empresa de capital aberto, ficou sem representante para prosseguir no diálogo e aparar as arestas, cujo objetivo é a concessão da Tarifa Zero para os moradores de Mandaguari. Desta forma, reiteramos a necessidade de que a Viapar nos sinalize para os próximos passos da negociação.”

Após o recebimento da proposta, a Viapar não se posicionou oficialmente a respeito do assunto. (inf Portal Agora)