Tarifa do transporte coletivo será de R$ 3,60

A administração municipal de Maringá e a TCCC chegaram a um acordo nesta sexta (5) para o reajuste da tarifa de transporte coletivo. De R$ 3,40 a passagem passará para R$ 3,60. O novo valor terá validade após o dia 22 de janeiro quando será assinado decreto do reajuste. Congelado desde 1º de junho, o reajuste apenas foi concedido após o cumprimento de uma série de melhorias pela empresa de transporte.


Após um longo período de discussões chegamos a um acordo. Condicionamos o reajuste a várias melhorias e uma das principais, que era a redução da média de passageiros, foi cumprida com a inclusão de 85 novos horários que abrangem 60 bairros. A empresa também se comprometeu até final de fevereiro instalar câmeras em todos os veículos que dará mais segurança para os usuários, principalmente para as mulheres”, frisou o prefeito em exercício Edson Scabora.
A instalação de Wi-Fi em 100 % das linhas e a aquisição de novos ônibus também estão entre as melhorias exigidas pela administração para a concessão do reajuste. Com 15 metros de comprimento, os novos veículos têm capacidade para 150 passageiros – o dobro dos convencionais – suspensão a ar, garantindo mais conforto e mais agilidade com seu motor de 310 cavalos de potência. Inicialmente os ônibus entrarão em operação nos corredores das avenidas Morangueira e Kakogawa.
Os novos ônibus poderão ser utilizados em outros bairros e após estudos técnicos serem referência para compras posteriores”, lembrou Scabora, destacando que serão estudados o subsídio de passagens, reduzindo as tarifas aos usuários, com a utilização de recursos provenientes da multa de radares e do EstaR.
Além do prefeito em exercício, a reunião contou com a participação do diretor da TCCC, Roberto Jacomelli, e dos secretários Orlando Chiqueto (Fazenda), Francisco Favoto (Desenvolvimento Econômico), e Edson Paliari (Mobilidade Urbana – em exercício).