Secretaria apreende produtos de limpeza falsificados

A Secretaria de Patrimônio, Compras e Logísticas de Maringá (Sepat) apreendeu hoje (11) produtos de limpeza ‘falsificados’ fornecidos para uso em escolas municipais e unidades de saúde. A carga, oriunda de empresa de Paranavaí, era formada por detergente, água sanitária, álcool higienizante (70%) e limpa alumínio.
A empresa responsável pelo fornecimento venceu do pregão no ano passado, mas estava fechada desde dezembro de 2016. A denúncia foi feita por servidores, que perceberam a ineficiência do detergente na limpeza. O primeiro carregamento de detergente foi entregue em maio.
Identificamos que na embalagem falsificada o rótulo era de papel e a consistência era diferente da amostra apresentada. Além disso, no rótulo contava a fabricação do detergente em junho de 2017, sendo que a empresa está interditada desde 2016”, explicou o secretário Paulo Sérgio Carstens.
A mercadoria foi apreendida e o contrato com a empresa será encerrado. A segunda colocada no pregão será convocada para apresentar amostra de seus produtos para avaliação. Se aprovarmos, vamos efetuar a compra”, disse o secretário.