Requião pode mudar a musa e trocar Gleisi Hoffmann por Cida Borghetti

O PMDB está trocando o PT, seu parceiro dos últimos anos, pelo PP. É que o senador Roberto Requião participou de ato eleitoral promovido pelo governo PSDB-PP em Mandaguari, neste sábado.
Apareceu abraçado e elogiando Cida Borghetti, o que muitos entendem significar o aviso de que está prestes a ser fechada a aliança entre os dois partidos, amigos no mensalão e no petrolão.
Neste caso, ao trocar Gleisi Hoffmann por Cida Borghetti, Requião pode emplacar o filho na vice da pepista, mulher de Ricardo Barros.
Mais significativo que juntar PP e PMDB no mesmo evento, o prefeito Batistão, do PDT de Osmar Dias, teria manifestado apoio à pré-candidatura do partido mais corrupto do país. Ou seja, se sobrar pra alguém, será para Batistão, que poderá ser expulso do PDT.
Quem entende de Requião, porém, sabe que ele, crítico contumaz dos Barros, não se ajoelharia agora; apenas faz cena para ver-se finalmente abraçado por Osmar Dias, com quem, teórica e ideologicamente, teria mais afinidade. (inf Angelo Rigon/foto Blog do Esmael)