Rapaz sai de festa rave, rouba viatura dos bombeiros e sofre acidente com mais quatro adolescentes

O Samu de Maringá foi acionado às 6h15 deste domingo (1º) para atender uma ocorrência de uma pessoa com parada cardíaca em uma chácara na Estrada Guaiapó, região Norte. Ao chegar no local os socorristas perceberam que se tratava de uma festa rave. Uma adolescente de 17 anos que apresentava intoxicação exógena por bebida ou drogas consumidas na festa precisava de atendimento médico com extrema urgência.
O Veículo de Intervenção Rápida (VIR) do Corpo de Bombeiros, que tem socorristas do Siate e médico do Samu, foi acionado para dar suporte a ocorrência. Durante o atendimento a adolescente, a caminhonete do Corpo de Bombeiros foi roubada do local por um rapaz. No trajeto, o suspeito ainda teria dado carona para outros quatro jovens que estavam na festa. Um militar do Corpo de Bombeiros que conduzia a viatura apresentou uma versão que foi cercado por jovens e obrigado a sair do veículo.


Rodolfo Aparecido da Silva, 26 anos, colidiu a viatura contra um poste. A Polícia Militar de  foi acionada e os policiais conseguiram abordar Rodolfo e os demais jovens. O rapaz foi encaminhado a delegacia da Polícia Civil onde foi autuado por quatro crimes.
O crime não cabe fiança, por isso o rapaz ficou detido na delegacia. A chácara Nossa Senhora Aparecida onde acontecia a 2ª edição da festa Black All Night foi regada de bebidas alcoólicas conforme registro de fotos feitas pelo Corpo de Bombeiros de Maringá.
Uma pessoa que frequentou a festa disse por telefone que estava tendo consumo de drogas e o comércio de entorpecente durante a realização do evento. O responsável pela festa não foi encontrado porque teria deixado o local durante a confusão. Houve denúncia de que outras festas já foram realizadas na mesma chácara onde jovens saíram feridos. O proprietário da chácara deverá ser intimidado durante a semana para ser ouvido na Polícia Civil. (inf/foto André Almenara)