Rapaz morre em Maringá ao tentar construir aspirador de pó

Uma fatalidade aconteceu no fim da tarde desta terça-feira (6) em Maringá. Fernando Pereira Basto, 32 anos, morreu em sua casa que fica localizada na Rua Dirce Mari Schuinka Ribeiro, no Conjunto Requião. Fernando que tem uma espécie de oficina em sua residência estava tentando criar um aspirador de pó artesanal quando uma peça do motor apresentou um problema junto com um pedaço de cano de PVC.


De acordo com uma pessoa da família, o PVC atingiu o pescoço de Fernando causando cortes profundos. Mesmo ferido, Fernando ainda conseguiu abrir o portão de sua casa para pedir ajuda na vizinha mas acabou caindo morto na entrada da garagem.
Outra pessoa que é da família de Fernando disse ao repórter André Almenara que era o sonho dele construir um aspirador de pó para limpar o quintal de sua casa.
Uma médica do Samu que foi chamada até o local atestou o óbito da vítima e pediu a presença da perícia na casa. O corpo de Fernando  foi encaminhado ao IML de Maringá. Fernando era casado e tinha dois filhos.