Primeira sessão da Câmara de Vereadores já teve bate-boca

0
264

O vereador William Gentil (PTB) acabou se tornando o centro das atenções na primeira sessão solene da Câmara Legislativa de Maringá deste domingo (1º).
Ele seria vice-presidente da mesa executiva, se Alex Chaves (PHS) vencesse. Fazia parte do acordo, segundo o grupo dos “7” afirmou (Alex Chaves, Chico Caiana, Homero Marquese, Rogério do Carmo, Onivaldo Barris, Flávio Mantovani e Jean Marques) .
Isso levou a algo jamais visto em eleição da Câmara de Maringá: a votação para vice-presidente estava empatada entre ele e Mário Verri (PT) e ele foi o último a votar. E votou em Verri, o que já estava combinado, pelo menos na data deste domingo.
É que os integrantes do grupo dos “7” votaram nele, conforme estava combinado (antes do domingo), enquanto, por ter mudado de lado, Gentil ficaria como 2° vice.
Verri fez questão de cumprimentar Gentil, e ao votar foi apupado por convidados do vereador Do Carmo e respondeu algo como “toma seus trouxas”. Do Carmo se levantou e, mal-estar criado, houve um princípio de confusão. Depois, após a eleição, ficou tudo bem.
A Mesa Executiva assim ficou formada; na presidência Mário Hossokawa (PP), vice Mário Verri (PT), 2º vice William Gentil (PTB), 1º secretário Sidnei Telles (PSD), 2º secretário Odair Fogueteiro e o 3º secretário, Belino Bravin (PP). A chapa teve mais dois votos dos vereadores Carlos Mariucci (PT) e Altamir dos Santos (PSD). Esta composição, tem pela primeira vez um Petista na Mesa Executiva.
Ex-presidente foi embora
Com a chuva que caiu sobre a cidade no final da tarde deste domingo, a posse do prefeito e vice, foi transferida do Novo Centro para o mesmo local da posse dos vereadores, o teatro Calil Haddad, para a cerimônia somente o vereador Chico Ciana (PTB) preferiu não participar.
O vereador Jean Marques (PV), será o líder do prefeito na Câmara.
(colaborou Angelo Rigon)