Prefeito homenageia pioneiro mais antigo de Maringá

O pioneiro Antônio Manfrinato, de 96 anos, recebeu visita do prefeito de Maringá, Ulisses Maia, que lhe homenageou com brasão da prefeitura. A visita a Manfrinato e sua família foi na manhã desta quinta, 12, na Zona 7, local que mora desde 1975. “É um prazer ter vocês aqui na minha casa”, disse Manfrinato, pai de seis filhos, avô de 19 netos e bisavô de 13 bisnetos.

São muitas histórias”, reconheceu o prefeito Ulisses Maia, enquanto observava as antiguidades guardadas na casa de Manfrinato. Na parede, diversos certificados, homenagens e reportagens em quadros. No quintal, carroça que puxava café, casinha de madeira com objetos antigos e diversos pés de frutas. Muitos dos objetos de Manfrinato estão no Museu da Universidade Estadual de Maringá UEM.

Quando eu vim para cá, na década de 40, não tinha rua, nem casas”, lembra Manfrinato, dizendo que morava num sítio, onde hoje é a UEM. “Quando eu fui na inauguração da Capela Santa Cruz, em 1947, tive que passar pelo mato, de farolete”, contou.

Cheio de histórias, saudades e lembranças, o pioneiro se recorda facilmente de diversas datas importantes e grandes conquistas da cidade. “Vi Maringá se desenvolver, cresci com ela”, se orgulha.

O café da manhã ficou por conta da família Manfrinato, com café preto, bolos, doces e pães. “Está uma delícia”, opinou o prefeito e outros servidores que participaram da visita. Além de Ulisses Maia, o gerente de Patrimônio Histórico da Secretaria de Cultura (Semuc), Edson Luiz Pereira, e o Historiador da Semuc, João Laércio Lopes Leal, que acompanha o pioneiro há 30 anos, também estiveram presentes.