Penhora

O desembargador Gilberto Ferreira, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, determinou a expedição de mandado de penhora contra o diretório estadual do Partido Humanista da Solidariedade, atendendo pedido formulado pela Advocacia-Geral da União.
No despacho, publicado hoje, ele também determina expedição de carta de ordem ao juízo da 66ª Zona Eleitoral, de Maringá, para que proceda a intimação do presidente estadual da sigla, Rodrigo Pino de Almeida, para que indique os bens passíveis de penhora em nome do partido.
O blog do Rigon soube que a penhora é resultado de irregularidades na prestação de contas, à época em que o partido era presidido pelo ex-vereador e ex-secretário municipal Valter Viana. (inf Angelo Rigon)