PEN = Patriotas

O Partido Ecológico Nacional, que vai mudar de nome e ter Jair Bolsonaro como candidato a presidente da República, estava sem executiva municipal em Maringá desde maio, quando Sebastião Ferreira dos Reis deixou de presidir a sigla, que, em 2016, apoiou Ulisses Maia.
A nova executiva é presidida por Geraldo Martins da Silva Filho, que já trabalhou com Walter Guerlles (inclusive na Ciretran), Carlos Eduardo Saboia, Evandro Junior e, na eleição passada, ajudou a coordenar a campanha de José Angelo Salgueiro.
Quem quiser participar com a gente será muito bem vindo. O que nós pedimos é que a pessoa seja ficha limpa e que queira mudar a história da política do Brasil”, disse ele. Na foto apareceu outros novos integrantes do PEN e agora bolsonaristas, como Manu Merizzio, que foi candidato a vereador pelo PSDB, Dorvalino Macedo (ex-PHS), Roberto Wagner de Castro, assessor de Evandro Junior (PSDB), e Amilton Aparecido Vieira, ligado ao tucano Joel Coimbra. (inf Angelo Rigon)