Mulher assume pela primeira vez o comando-geral da Polícia Militar

A governadora Cida Borghetti presidiu nesta quarta-feira (11) a solenidade em que a coronel Audilene Rosa de Paula Dias Rocha assumiu o comando-geral da Polícia Militar do Paraná. “Escolher e dar posse à primeira mulher no comando-geral da PM é para mim é motivo de orgulho, porque sempre busquei valorizar a presença da mulher na gestão pública, na política e na sociedade”, afirmou a governadora.
Audilene substitui ao coronel Maurício Tortato, que agora assume a chefia da Casa Militar do Governo do Estado. “A nova comandante-geral tem extensa carreira de serviços prestados à corporação e reúne condições para ocupar este alto posto. No Brasil, apenas duas mulheres assumiram esta função”, lembrou Cida Borghetti.
A governadora também enfatizou a importância do trabalho da Polícia Militar em seus 164 anos de existência. “Geração após geração, a PM tem sido elemento fundamental para o desenvolvimento do Estado. É um exemplo de seriedade, disciplina e respeito, uma instituição basilar da democracia”, afirmou.
Continuidade ao trabalho de combate à criminalidade é uma das bases da gestão, salientou a coronel Audilene Rosa. “O objetivo é buscar, cada vez mais, um serviço eficiente à população, para que ela possa se sentir mais confiante com a atuação da PM”, afirmou Audilene. “A estratégia é manter o policiamento, operações, abordagens, análise criminal e alocação do efetivo, como já vem sendo feito, nos pontos mais críticos”, explicou.
Bacharel em Segurança Pública e em Direito, formada pela Escola Superior de Magistratura do Paraná, a coronel Audilene Rosa é especialista em planejamento e controle da segurança pública e
em gestão de pessoas. Está na Polícia Militar desde 1985 e ocupava, nos últimos anos, a chefia do Estado-Maior da corporação.
Foi também chefe do 3º Comando Regional de Maringá, que abrange as regiões de Maringá, Paranavaí, Campo Mourão, Umuarama e Arapongas. Comandou interinamente o 8º Batalhão de Paranavaí. No 4º Batalhão de Maringá passou pelo Pelotão de Trânsito, chefia da seção de Inteligência.