Motoristas afirmam que estavam a 60km/h

Os dois motoristas que causaram vários prejuízos em um acidente na avenida Joaquim Duarte Moleirinho, no Jardim Alamar, na noite do último sábado (18), se apresentaram na tarde desta sexta-feira (24) na Delegacia de Trânsito de Maringá.
Nicolas Pedro Mariussi Pressi, 24 anos, motorista do VW Golf, e Luccas Henrique da Silva Simões, de 19 anos, motorista da caminhonete VW Amarok, compareceram com seus advogados e foram ouvidos por um escrivão e o delegado Rodolfo Vieira.


No depoimento, que durou algumas horas, os motoristas negaram que estavam praticando racha, e quando aconteceu a batida entre a caminhonete e o Golf, a velocidade que estavam transitando na via era de mais ou menos 60km/h. De acordo com um dos motoristas, a caminhonete teria colidido no Golf e causado todo o estrago em demais veículos que estavam estacionados na avenida.
O delegado de polícia contesta a versão dos motoristas, dizendo que os condutores estavam tirando racha em via pública. A Delegacia de Trânsito está colhendo várias imagens de outros pontos da avenida para anexar no inquérito policial. O delegado vai autuar os dois condutores pela prática de racha. Os dois motoristas foram liberados na sequência pela autoridade policial. (inf André Almenara)