Motorista que matou ciclista em acidente retorna para cadeia

Jean Prina Porfírio de Souza, 30 anos, que foi escoltado pela Polícia Militar para ser ouvido na audiência de custódia na manhã desta segunda-feira (29) voltou para a prisão.


Jean dirigia a caminhonete GM S10 que atropelou e matou o ciclista Guilherme Pereira Barreto, 36 anos, em acidente que aconteceu na tarde do último sábado (27) na marginal da rodovia PR-323.
Jean Prina foi detido logo após o acidente por suspeita de dirigir embriagado. O Juiz de Direito, Loril Leocádio Bueno Júnior, do Fórum de Maringá, decretou na tarde de domingo (28), a prisão preventiva do motorista, sendo autuado pelo crime de homicídio doloso.
Havia uma expectativa do condutor conseguir na audiência de custódia a liberdade, mas o juiz não aceitou os argumentos do advogado de defesa e manteve Jean na prisão. (inf/foto André Almenara)