Motorista foge ao atropelar e matar pedestre em Maringá

Um veículo VW Saveiro de cor preta atropelou um pedestre na noite de domingo (19) no Jardim Novo Horizonte, em Maringá.
O acidente foi registrado no cruzamento das ruas Adauto Alves Ferreira com Assaí. A vítima Nacid Campos Alcure, 68 anos, estava na companhia de um amigo quando a utilitário que seguia pela Rua Adauto Alves Ferreira atropelou o idoso.


Testemunhas confirmaram que o motorista dirigia a Saveiro estaria em alta velocidade, e que precisava parar no cruzamento pois não era sua preferência. O senhor Nacid Campos foi atingido e arremessado a vários metros de distância. A vítima apresentou afundamento de crânio e precisou de atendimento pelo médico do Samu pois havia perdido a consciência.
O colega que estava com o senhor Nacid não soube falar se o motorista era homem ou mulher, mas algumas testemunhas relataram aos bombeiros que uma mulher dirigia a Saveiro. Depois de ser estabilizado na ambulância do Siate, a vítima foi transportada ao pronto socorro do Santa Rita em estado grave.
No início da madrugada, Nacid Campos Alcure não resistiu aos ferimentos e morreu. Nacid era muito conhecido em Maringá. Campos trabalhou na Companhia Melhoramentos do Norte do Paraná, e morava com a família no Jardim Tabaetê.

Atualizado

A Delegacia de Trânsito de Maringá prendeu no final da manhã desta segunda-feira (20), Rejane Campos Pianco, 52 anos.


A motorista se quer prestou socorro e fugiu do local. Na manhã desta segunda-feira (20),
Os policiais foram até Marialva e descobriram que a motorista e proprietária da Saveiro residia no Jardim Novo Horizonte. A polícia foi até a casa da suspeita e localizou o veículo. Rejane Campos foi conduzida à Delegacia de Trânsito onde foi ouvida e liberada por um advogado que é o próprio filho. O delegado Rodolfo Vieira disse que a motorista alegou que apenas sentiu uma colisão mas não sabia dizer o que era, ela teria deixado o local do acidente por estar com documentação irregular do véiculo A mulher foi liberada pois não havia mandado de prisão contra a mesma. (inf/foto André Almenara)