Menina de 12 anos mata o tio no Conjunto Ney Braga em Maringá

O crime de homicídio ocorreu no início da tarde desta quinta-feira (31) na Rua Perdiz, no Conjunto Ney Braga, em Maringá. A vítima Carlos Alberto da Cunha, 50 anos, foi ferido por um golpe de faca no dorso e acabou morrendo na residência onde morava. A autora do crime foi a sobrinha de apenas 12 anos que também mora no local.
De acordo com familiares, Carlos teria usado um serrote para agredir outra sobrinha que está grávida.
Durante a discussão, a menina de 12 anos para defender a irmã das agressões pegou uma faca na cozinha e desferiu um único golpe no tio. Carlos Alberto caiu na garagem da casa. A própria família chamou o socorro.
Durante 50 minutos, os socorristas do Siate realizaram manobras de massagem cardíaca na vítima mas sem sucesso. A sobrinha que cometeu o crime ficou no local junto com a sua mãe até a chegada da Polícia Militar. Na delegacia, ela ficou sabendo que o tio havia morrido e entrou em choque.
Carlos Alberto da Cunha já tinha passagem pela delegacia pelo crime de violência doméstica.
A família disse que Carlos bebia muito e era bastante agressivo. O corpo foi encaminhado oo IML de Maringá. A menina de 12 anos foi ouvida pela delegada de plantão, Emilene Locatelli, sendo feito um Termo Circunstanciado e liberada junto a mãe para se apresentar no Ministério Público na manhã de sexta-feira (1º). (inf/foto André Almenara)