Maringá recebe o Balé Teatro Guaíra com espetáculo comemorativo

O Balé Teatro Guaíra, terceira companhia de dança mais antiga do Brasil, completa 50 anos de existência em 2019. Nesta sexta-feira, a programação comemorativa, sucesso em Cuitiba, chega a Maringá com a apresentação de “Carmen” no Teatro Calil Haddad, com entrada franca. A sessão única faz parte do projeto de circulação do BTG em celebração ao seu cinquentenário.
Criada com exclusividade para o Balé Teatro Guaíra em 2016, a montagem de “Carmen” tem concepção e coreografia de Luiz Fernando Bongiovanni. Trata-se de uma das tragédias mais conhecidas da história da arte, sendo permeada pelas temáticas do amor, da passionalidade, do ciúme e da morte. A trama tem como protagonista uma sedutora e valente cigana, e como personagens de destaque o toureiro Escamillo, o cabo da polícia Don José e sua noiva, Micaela. A obra traz à tona uma questão latente na sociedade atual: o feminicídio. O espetáculo é feito a partir da dramaturgia da ópera e da trilha composta por Rodion Shchedrin e Georges Bizet.
Os ingressos serão distribuídos no dia do evento, 1h30 antes do início do espetáculo (a partir das 18h30), na própria bilheteria do Teatro Calil Haddad. Será distribuído apenas um ingresso por pessoa na ocasião. Além de Maringá, o projeto comemorativo de circulação ainda contempla Campo Mourão (24/5), Ponta Grossa (17/5) e Paranaguá (26/7) – também com a apresentação de “Carmen”. E Cascavel (31/5), Guarapuava (5/7) e Foz do Iguaçu (2/8) – com o espetáculo “O Segundo Sopro”. Todos com entrada franca e serviço de audiodescrição.

Saiba mais
O Balé Teatro Guaíra foi criada em 1969 pelo governo do Paraná. É uma das mais importantes companhias oficiais do país, graças à sua representatividade histórica conquistada por meio de obras consagradas. Durante o seu percurso, o BTG realizou mais de 140 coreografias.
Em 2012, a companhia somou ao seu repertório a obra “A Sagração da Primavera”, de Igor Stravinsky, com coreografia da portuguesa Olga Roriz. No ano seguinte, o coreógrafo brasileiro Alex Soares trouxe “Predicativo do Sujeito”, uma obra bem humorada que explora grande vigor físico de sete homens e uma mulher, ao som do Bolero de Ravel. Em 2014, o BTG foi presenteado com “Cinderela”, em comemoração aos seus 45 anos. A obra do coreógrafo espanhol Gustavo Ramirez Sansano foi criada com exclusividade para o Balé.
Em 2015, voltam à cena “Orikis” e “Trânsito”, da coreógrafa baiana Ana Vitória, e o consagrado “Romeu e Julieta”, com coreografia assinada por Luiz Fernando Bongiovanni e música de Prokofiev. Além de novas produções anuais, da manutenção de seu repertório e da difusão de espetáculos de qualidade, a companhia valoriza projetos de acessibilidade à dança e formação de plateia. É nesse sentido que o BTG contribui com o fortalecimento e perpetuação dos bens culturais paranaenses e nacional, estabelecendo dessa maneira um diálogo com a contemporaneidade, ao mesmo tempo em que preserva e valoriza a sua história.
Atualmente, a companhia apresenta um repertório focado na diversidade da dança contemporânea. Com a atual direção de Cintia Napoli (2012), o Balé Teatro Guaíra traz propostas que visam a autenticidade e ousadia, sem perder de vista a tradição.

Espetáculo em Maringá:
Carmen
Data: 7 de junho, sexta-feira
Hora: às 20h
Local: Teatro Calil Haddad
Endereço: Avenida Dr. Luiz Teixeira Mendes, 2500 – Zona 05.
Ingressos: Entrada Franca. Distribuição de ingressos no dia do espetáculo, na bilheteria do teatro, a partir das 18h30. Será distribuído apenas um ingresso por pessoa na ocasião.
Para informações: (41) 99136-7884

Próximos espetáculos:
• 5/7/2019 – Guarapuava – Teatro Municipal – O Segundo Sopro
• 26/7/2019 – Paranaguá – Teatro Municipal Rachel Costa – Carmen
• 2/8/2019 – Foz do Iguaçu – Praça da Paz – O Segundo Sopro

Projeto realizado via Lei de Incentivo à Cultura, com o apoio da Prefeitura Municipal de Maringá, patrocínio da Elejor e Copel e realização da ABABTG, Palco Paraná, Centro Cultural Teatro Guaíra, Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, Governo do Paraná, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania, Governo Federal – Pátria Amada Brasil.