“Maringá Encantada” supera expectativa, atrai grande público e impulsiona o trade turístico

Um mês depois do início da programação oficial, um levantamento preliminar realizado pela Secretaria Municipal de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide) já aponta que o investimento feito pela Prefeitura de Maringá na decoração natalina da cidade e nas variadas atrações oferecidas para o público supera o resultado esperado pelo projeto “Maringá Encantada – Um Natal de Luz e Emoção”.
Desde a tarde do dia 15 de novembro, quando Papai Noel se antecipou ao show de Renato Teixeira e da Orquestra de Viola para receber as chaves da cidade das mãos do prefeito Ulisses Maia e do vice, Edson Scabora, sendo ovacionado por mais de 60 mil pessoas na Praça da Catedral, a iniciativa tem demonstrado que o retorno do investimento já aparece na forma de emprego e renda, consolidando a cidade como uma referência turística natalina na promoção de alegria, confraternização e aproximação das famílias num ambiente de paz.
No dia 4 de dezembro foi a vez de 35 mil pessoas se espalharem pelo Parque do Japão para a chegada do Papai Noel, que foi marcada pelo acendimento da iluminação natalina, o que incluiu túnel de luz em formato de portal japonês.
De acordo com o secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide), Francisco Favoto, assim que Papai Noel e seus duendes passaram a atender as crianças em sua casinha montada na Praça Renato Celidônio, comerciantes e empresários do trade turístico da cidade tiveram sua expectativa atingida com os resultados obtidos na frequência de público aos pontos de atração natalina, especialmente neste período em que o comércio da cidade fica aberto até as 22 horas.
A gente observa muitos carros com placas de fora, shoppings lotados, noivas sendo fotografadas de madrugada ao lado da Catedral e até pedidos de casamento que são feitos no alto da roda gigante. Maringá está realmente em festa e esse bom momento é repassado para o comércio e outros segmentos que são fomentados pelo grande fluxo de pessoas na cidade”, comemora o secretário.
Para o diretor da Seide, Miguel Fuentes, também pode ser creditado à programação do projeto “Maringá Encantada” o resultado da estatística divulgada pelo Caged, do Ministério do Trabalho, que apontou Maringá em segundo lugar na geração de empregos no Paraná. A cidade foi responsável pela contratação de 1.095 trabalhadores no mês de outubro e só ficou atrás de Curitiba. “A estatística mostrou que 80% dos novos empregos gerados em Maringá estão na área de comércio e prestação de serviço, com boa parte do bom resultado atribuída à demanda de mão de obra em função das festividades natalinas”, analisa.
Na análise do prefeito Ulisses Maia, os investimentos na decoração natalina, extensivos a uma programação cultural que contempla a cidade e os distritos, além do Parque do Japão, estão a serviço não apenas de promover a diversão e alegria, mas também alavancam a economia estimulando a geração de emprego e renda. “A inversão de recursos na promoção do Natal gera negócios em diversos segmentos econômicos, promovendo a oferta de vagas no mercado de trabalho. Trata-se de um ciclo virtuoso que oxigena a economia e, os investimentos que nós fazemos, retornam na forma de tributos, numa proporção de, pelo menos, três vezes o volume de gastos”, explica o prefeito.

Expectativa superada
Uma pré pesquisa realizada pela Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM) com 130 empresários mostrava antes do início da programação e comprova hoje que 73% dos lojistas estão vendendo mais do que no ano passado e 57% deles vendem mais do que nos últimos quatro anos por conta do “Maringá Encantada”.
O clima de otimismo também já repercute na geração de empregos. Mais da metade dos empresários contrataram funcionários extras para este final do ano, 88% dos lojistas consideram válido a cidade contar com um grande projeto cultural e artístico e 90% acreditam que isso realmente incrementa as vendas de Natal.
São números que reafirmam nosso objetivo de potencializar as atividades econômicas, gerando renda e emprego”, diz o secretário de Cultura Miguel Fernando, reforçando o conceito de evolução do projeto e destacando o aprimoramento e expansão da decoração natalina.
Os investimentos proporcionam ganhos para todos, a partir do momento que vamos consolidando a iniciativa como instrumento para promover diversos segmentos da economia do município”, afirma o secretário municipal de Fazenda, Orlando Chiqueto.
Na visão do presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio Varejista de Maringá (Sivamar), empresário Ali Wardani, a exemplo do ano passado, a receptividade do público à campanha natalina deste ano demonstra que a cidade está deslumbrante, bonita e atraente. “As pessoas estão vindo, participando da festa e comprando no comércio. Só não está melhor para os comerciantes por conta da atual situação econômica do país. Só temos que agradecer a administração e demais organizadores por promoverem um Natal tão bonito e atraente em Maringá”, assinala.
A satisfação do público com as atrações da programação natalina está diariamente retratada no bom público que desfruta dos passeios de Trenzinho, que estava desativado havia 15 anos e que hoje estimula visita ao museu biológico, à Maria Fumaça em fase de restauração e às trilhas ecológicas do Parque do Ingá.
O trenzinho também tem caráter social. O visitante pode contribuir com um alimento não perecível como ingresso a ser destinado para entidades assistenciais no município. “Além de estimular a visitação, nosso objetivo é o de conscientizar a população que a reserva é de toda a comunidade e deve ser cuidada por todos”, enfatiza o secretário de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, Ederlei Alkamim.

Segurança reforçada
Na área da Praça da Catedral e do Centro de Convivência Comunitário, além das caixas de presentes, presépio gigante e dos túneis de luz, a grande atração para o público é a roda gigante de 32 metros de altura. O atrativo traz também benefícios a causas sociais, uma vez que parte do valor do ticket, de R$ 10, é doada ao Provopar-Maringá para repasse às entidades assistenciais.
A roda gigante, que com suas 24 gôndolas panorâmicas e sete mil luzes de led coloridas proporciona uma visão privilegiada da cidade, atrai todos os dias, das 15h às 22 horas, um número de frequentadores capaz de formar filas gigantescas.
Um bom termômetro para aferir essa volumosa frequência está na visão da agente da Guarda Municipal Eliana Soares, que trabalha cumprindo escalas na maioria das noites no local. “As filas formam zigue-zague pela praça e se confundem com outras formadas para atendimento nos food trucks, no Pavilhão do Artesanato e outros pontos de atração”, diz, observando que muitos visitantes acabam perdendo carteiras, joias e outros pertences que, quando encontrados, são guardados e ficam a disposição dos donos no ônibus da Guarda Municipal.
A segurança dos frequentadores também é assegurada na Praça Napoleão Moreira da Silva, onde está concentrada boa parte do efetivo e viaturas da Operação Natal, realizada pela Polícia Militar do Paraná, Guarda Municipal e outros órgãos responsáveis pelo patrulhamento.
Estamos aplicando uma estratégia bem coordenada para garantir tranquilidade às pessoas, proporcionando um ambiente seguro com ações pontuais e apoio de câmeras de monitoramento”, destaca o secretário municipal de Segurança, o coronel Antonio dos Anjos Padilha.

Bairros e distritos
As atrações do projeto “Maringá Encantada” também se estendem aos bairros e aos distritos de Iguatemi e Floriano.
A população também desfruta de outras duas locomotivas e um caminhão decorado, que realizam trajetos natalinos pelo centro da cidade, saindo da “Estação Luz”, localizada na Rua Basílio Sautchuk, ao lado da Praça Napoleão Moreira.
As “Paradas de Natal” são outro evento inserido na programação, quando sete carros alegóricos alinhados no grid percorrem, às segundas, quartas e sextas-feiras, cerca de 500 metros no entorno da catedral saudados por uma multidão.
Na avaliação do vice-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), Mohamad Ali Awada, a campanha “Maringá Encantada – Um Natal de Luz e Emoção” está de parabéns, tanto pela decoração quanto pelas atrações que, de fato, têm atraído público da região e até mesmo de outros estados. “Tem muita gente se hospedando em hotéis e consumindo em restaurantes. O comércio da cidade está movimentado e os shoppings lotados. Sem dúvida o projeto tem deixado este Natal ainda mais belo não só para o público, mas também para o comerciante”, afirma.
A programação do “Maringá Encantada” prossegue até o dia 6 de janeiro. Até lá é esperada a passagem de 1,5 milhão de visitantes para ver as 140 atrações natalinas nos pontos iluminados que estão espalhados por todo o município.