Jany Lima representa o Paraná na primeira Conferência do WME

Jany Lima

A diretora artística do Grupo Maringá FM (Maringá FM, Rádio MIX Maringá, CBN) representará o Paraná na primeira Conferência do Women’s Music Event (WME), que ocorre nesta sexta e sábado (17 e 18), em São Paulo. O evento contará com a participação de 50 mulheres compondo o seminário com o propósito de falar sobre o cenário musical, o uso de tecnologias e as novidades do mercado, através de seminários, workshops e painéis.
Nomes relevantes do mercado musical estão confirmadas para participar do evento, como a diretora da VEVO, Fátima Pissarra, Mariana Baccarin (da Nike), Celia Goldstein (do Spotify), Leca Guimarães (Lollapalooza /C3 Presents), Arleyde Caldi (Luan Santana/Zezé di Camargo), Paola Wescher (Popload Festival), Ligia Lima (YouTube), Bia Granja (YouPix) e Vanessa Brandão (Heineken).
Para Jany Lima será muito legal representar o Paraná e a mulher paranaense num evento nacional tão inovador para o setor. “A mulher vive um momento muito especial no cenário musical, ganha-se espaço e reconhecimento, a mesma tendência acontece no mercado, onde cada vez mais a mulher ocupa cargos altos no organograma das empresas.”.
Jany participará de dois painéis no WME, nesta sexta-feira. O primeiro das 13 às 13h45 com o tema Sorte, suor ou dinheiro? Como uma música vira hit na internet, rádio ou televisão. Debatem o assunto Piky Candeiras, da Batucada Comunicação, Tatiana Cantinho, da Som Livre, Lígia Lima, representante do Youtube, com mediação de Fátima Pissarra, da VEVO Brasil.
O segundo painel, a partir das 16 horas com a temática “Quem manda no seu dial? Em pauta o protagonismo dos artistas nas rádios”. Luka Salomão, da rádio 89 FM, Sonia Abreu, da Ondas Tropicais – Uol, Biancamaia Binazzi, da rádio Estúdio Manacá, também debatem o assunto mediado por Fabiana Ferraz, da rádio Brasil Atual FM.
O Women’s Music Event é uma plataforma na internet que disponibiliza uma série de informações sobre a indústria da música, sob a perspectiva feminina. A ação é inédita no Brasil e pretende criar uma união entre as mulheres que trabalham no setor, além de orientar quem tem interesse em se dedicar ao ramo e divulgar os eventos musicais femininos.