Instalação de esquadrias interdita trecho da Horácio Raccanello

Um trecho da Avenida Horácio Raccanello, na região do Novo Centro, está parcial e temporariamente interditado para o tráfego de veículos desde a manhã desta quarta-feira, 29. O trajeto entre as avenidas Herval e Duque de Caxias deve permanecer interditado até o final da tarde de quinta-feira, 30, para instalação das esquadrias de alumínio no novo Terminal Intermodal em construção, onde serão fixados vidros temperados na área do mezanino e em outros setores térreos laterais à avenida.


Segundo técnicos da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop), para a próxima semana está prevista a chegada da remessa do material que vai compor o sistema Estrutural Glazing (pele de vidro), onde o vidro é colado nos perfis dos quadros de alumínio que ficam sobrepostos a estrutura, deixando as fachadas mais leves e limpas, de estética impecável e com melhor desempenho térmico e acústico.
As obras civis do novo terminal seguem o cronograma estabelecido e mantém previsão de conclusão para setembro deste ano.

Ocupação dos espaços
De acordo com o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur, a partir da entrega do prédio haverá a ocupação dos espaços destinados ao mix, que será composto por 14 lojas e 12 lanchonetes e restaurantes.
“O modelo de ocupação, que deverá ir a licitação até a primeira quinzena de junho, seguirá o estilo shopping, onde uma empresa administradora fará a sublocação dos espaços comerciais previstos para a área. Cada loja terá seu projeto específico para ser implantado no local”, diz.
O modelo de ocupação elaborado pela Semob prevê a instalação de quiosques destinados à sorveteria, pastelaria e pequenas lanchonetes no pavimento térreo. No piso superior do mezanino a praça de alimentação abrigará lanchonetes de maior porte e restaurantes, tendo ao lado os espaços destinados para lotérica, boutiques e lojas que comercializarão produtos eletrônicos, acessórios e outros artigos de conveniência para os usuários.
Também já estão sendo preparados os editais de licitação para contratação da empresa que ficará responsável pelo sistema de segurança e outra que fará a manutenção e limpeza de toda a área do Terminal.

Obras complementares
De acordo com técnicos da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop), a empresa executora das obras civis do Terminal Intermodal já concluiu os trabalhos de instalação dos sistemas elétrico, hidráulico, de internet, climatização, fixação de para-raios e montagem de equipamentos contra incêndio.
No canteiro de obras segue em execução a pavimentação das plataformas, colocação de azulejos nos banheiros e pintura interna do mezanino, que depois da fixação dos vidros ganhará piso cerâmico e acabamento.
A previsão é que o Terminal Intermodal de Maringá receba, depois de pronto, a circulação média diária de 30 mil usuários.