Gêmeas paralímpicas de Maringá são campeãs no Mundial do México

As gêmeas Débora e Beatriz Borges Carneiro, nadadoras da Associação de Pais e Atletas da Natação (APAN) de Maringá e União Metropolitana Paradesportiva de Maringá (UMPM) iniciaram na quarta-feira a participação no Campeonato Mundial de Natação Paralímpica, em Aguas Calientes, no México. Determinadas em buscar medalhas para Maringá, pelo menos foi essa a promessa que fizeram antes do embarque, acabaram estreando na competição e já faturaram medalhas de ouro e prata para a natação brasileira.
Na prova do revezamento 4×50 metros, as atletas de Maringá ainda nadaram com as paulistas Stephani Ariodante e Ana Soares, e conquistaram a medalha de ouro.
E não ficou só nisso. Beatriz Borges Carneiro também subiu ao pódio na prova dos 200 metros peito. Ela fechou a prova, válida pela categoria S14, na segunda posição, e assegurou a medalha de prata para Maringá.
As gêmeas são acompanhadas no México pelo técnico André Yamazaki, da APAN/Maringá. (inf Orlando Gonzales)