Funcionário da pedreira que sofreu acidente em abril morre no hospital

O motociclista João Adalto Carvalho, de 57 anos, morreu no início da tarde desta terça-feira (15) após ficar semanas internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Santa Casa de Maringá.
João pilotava uma moto Honda Titan no dia 19 de abril quando colidiu de frente contra um caminhão  Mercedes-Benz. O acidente aconteceu no pátio da empresa Sanches Tripoloni, que fica localizada na rodovia PR-317 na saída para Iguaraçu.  A colisão foi tão forte que o capacete chegou a afundar o capô do caminhão. O motociclista sofreu uma fratura grave na perna, bacia, costela e ainda traumatismo craniano. De acordo com relatos de testemunhas, o motorista do caminhão que se preparava  para acessar a rodovia se deparou com o piloto da moto entrando no pátio em uma velocidade um pouco acima da permitida.
A posição do sol pode ter colaborado para o motociclista ter colidido contra o caminhão. Equipes do Siate e médico do Samu estiveram no local prestando atendimento a vítima. João Adalto foi transportado ao pronto socorro do Hospital Santa Casa em estado grave.
O corpo de João Adalto foi velado e sepultado no Cemitério Parque em Maringá.