Fotógrafo condenado por estupro de criança é preso em Maringá

Condenado em 2015 por estupro de vulnerável, um empresário do ramo fotográfico foi preso nesta quinta-feira (11) no Jardim Alamar, em Maringá. Astrogildo
José dos Santos, de 67 anos, abusou de uma menina de apenas sete anos.
Depois de uma denúncia, a Polícia Militar (PM) foi até o imóvel no Jardim Alamar e encontrou Santos no local, onde também reside o lho dele. Ao notar os policiais, o acusado se escondeu no telhado da casa e a família tentou dificultar sua prisão, sem sucesso.
Santos foi encaminhado à delegacia, onde armou que “perante Deus é inocente”. O mandado de prisão em aberto consta em razão da condenação de 12 anos e cinco meses de prisão por estupro de vulnerável.
No dia 8 de setembro de 2012, o empresário foi acusado de estuprar uma menina de sete anos, que era amiga da neta dele, na casa onde morava, na Vila Operária. Na época, em entrevista a O Diário, ele negou ter mantido relações sexuais com a garota.
A sentença condenatória saiu no dia 18 de dezembro de 2015 e o sentenciado interpôs recurso de apelação perante o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), sendo negado provimento. (inf André Almenara/O Diario)