Finalmente

Ruth Bolognese informa que esta semana na passagem por Londrina, num almoço reservado, o ex-governador Beto Richa deixou de lado a cordialidade e a classe que sempre o caracterizaram.
E como se tivesse baixado nele o espírito de Ciro Gomes, desandou a falar sobre o ex-aliado deputado Ricardo Barros.
Quem ouviu se surpreendeu com os termos utilizados por Beto Richa, onde “vagabundo”, e não no sentido de quem não trabalha, soou como elogio.