Fernando Francischini: “Faria tudo de novo”

136

O deputado federal Fernando Francischini (SDD), esteve em Maringá na última semana, aproveitamos para lembrar sobre o fatídico dia 29 de abril de 2015, quando Francischini era o secretário de Segurança Pública do Estado do Paraná.

No episódio, que ficou conhecido como “Batalha do Centro Cívico”, diversas pessoas deixaram o local feridas pela repressão da policia militar que foi convocada para conter os manifestantes que lutavam contra uma série de projetos do governo Beto Richa apresentados na Assembleia Legislativa em Curitiba.
Perguntamos a Francischini como ele se sentia após dois anos do ocorrido.
Pela manutenção da lei e da ordem, se tivesse que tomar as mesmas decisões tomaria todas de novo, por que não podemos assistir como nessa mesma semana o mesmo grupo que é CUT, MST,  isso são alguns professores, não dá para falar que são professor, a maioria dos professores é gente do bem, pessoas que nos representam, que nos orgulham por cuidar dos nosso filhos. Mas aqueles grupos ligados ao PT e partidos de esquerda que estavam no centro Cívico  são os mesmos que estavam em Brasília, botando fogo, incendiando, de capuzes, da mesma forma…nosso país não aguenta mais isso, sindicatos que extorquem dinheiro do povo e obrigando o trabalhador a recolher parte do seu salário, não aguentam tanta gente mamando em cargos públicos sem ter trabalho para executar,” reafirmou o deputado.