Ex-Miss Alto Paraná hoje é professora e árbitra de handebol

A jovem Karina Vasconcelos é um grande exemplo de dedicação em busca de sonhos. E as metas da hoje professora de Educação Física sempre estiveram ligadas ao esporte, mais especificamente à modalidade de handebol. Com 26 anos, já obteve muitas conquistas, sempre conciliando o esporte com os estudos. A grande virada em sua vida, entretanto, ocorreu fora das quadras, mas não distante do público.

O início foi no handebol mesmo. Desde os 9 anos já corria atrás da bola no João Honório Luiz. Praticando, mas nesta fase era mais ou menos como uma brincadeira, saudável, de criança. Ainda tinha tempo para o karatê. Também foi campeã em diversas competições regionais e, inclusive, no Paraguai conquistou um título, aos 11 anos. Com o passar do tempo, começou a defender as equipes do colégio Agostinho Stefanello e posteriormente do município de Alto Paraná em competições da Liga de Handebol do Paraná (LHPR) e do Governo do Paraná
Depois desse período se aventurou às passarelas. Em 2011, se inscreveu para o concurso de Miss Alto Paraná, e venceu, justamente no dia 16 de abril, dia de seu aniversário de 20 anos. No ano seguinte participou do Miss Paraná. Não conseguiu a coroa, mas de 68 participantes esteve entre as 17 mais belas do Paraná, feito muito comemorado por parentes e amigos. “Ninguém acreditava em mim. Acho que só a minha família. Foi muito bom ter tido essa experiência fora das quadras. Primeiro ser escolhia a Miss Alto Paraná e depois de ter participado do Miss Paraná. Emocionante mesmo. Minha cidade se orgulhou de mim”, relembra.
Aí, com a autoestima lá em cima, não parou de sonhar com os ´pés no chão´. Voltou a praticar handebol, mas na areia, e na sequência o indoor novamente, e foram vários títulos na carreira, atuando por Alto Paraná, Nova Esperança, Araçatuba/SP e São Paulo/SP.

Em 2017, mais duas grandes conquistas: “Fiz o curso de arbitragem da Associação Paranaense de Árbitros de Handebol e fui a segunda melhor do curso. Quero muito atuar em 2018. Realizar um grande trabalho. Mais uma situação bacana em 2017 foi que consegui me formar no curso de Educação Física. Agora vou me dedicar ao bacharelado”. (inf Orlando Gonzales)