Equipe masculina sub-12 de Campo Mourão avança à semifinal do Festival Paranaense de Handebol

Com duas vitórias em dois jogos disputados, a equipe masculina da Fecam/AhandeCam/Campo Mourão é cabeça de chave do grupo B na categoria sub-12 do Festival Paranaense de Handebol, resultado que classifica o elenco à semifinal da competição.
Em disputas acirradas, realizadas na sexta-feira (30), os campo-mourenses estrearam diante de Handebol/Alto Paraná/DDC/FBB, vencendo o duelo por 11 a 09. No segundo compromisso do dia encontraram com os donos da casa, superando os rivais por 18 a 16. A técnica Fernanda Yuki Gonçalves afirma que o grupo é coeso, mais que o nervosismo por conta da estreia atrapalhou um pouco o rendimento do conjunto. “Chegamos nervosos na competição, alguns estão competindo aqui pela primeira vez, então a inexperiência de quadra faz com o atleta cometa alguns erros que aqueles que jogam mais tempo não cometeriam com tanta facilidade, no entanto considero que fizemos um bom trabalho, esse segundo jogo foi uma pressão um pouco maior por ser o time da casa, mais conseguimos nos sobressair saindo com mais uma vitória da quadra. Temos potencial e vamos buscar uma final pra disputar”, ressaltou Fernanda.


A professora conta que o time é formado dentro do projeto social de handebol nas escolas, idealizado há cerca de 12 anos pela Fecam – Fundação de Esportes de Campo Mourão. “A partir desse projeto realizamos festivais durante o ano e alguns treinos em conjunto com todos os colégios, para que possamos promover uma integração entre os alunos do projeto, desta forma formamos as equipes para as competições. Depositamos muita confiança neles, acreditamos muito neles, e eles respondem dando resultado na quadra”, enfatiza Fernanda.

De acordo com ela, o Festival Paranaense de Handebol estimula o crescimento dos atletas no esporte, além da categoria formar a base das categorias seguintes. “Essa competição é muito importante pelo crescimento que eles têm após o seu término. Além de formarem a base para as demais categorias, conseguimos formar uma cabeça mais centrada e passar uma visão social dentro do esporte, com os valores repassados a eles se tornam seres humanos melhores”, enfatiza Fernanda.
Na partida contra os anfitriões, o camisa 4 Lucas Mendes foi eleito atleta destaque, coroando a classificação de Campo Mourão à próxima fase. A semifinal está marcada para as 15h45 deste sábado (1º), no ginásio do Complexo Esportivo Municipal.
Por sua vez, o selecionado feminino acumula uma vitória e uma derrota na competição, com isso depende dos resultados das outras adversárias para saber se ingressa no G4 pelo critério técnico.

Rumo à semi
Com o término da primeira rodada, também já avançaram à próxima fase as seleções femininas de Palmeira (sub-10) e Cesmag/Curitiba (sub-12).

Reunião com arbitragem
Com o objetivo de alinhar os trabalhos que serão feitos na competição, o diretor de arbitragem da Liga de Handebol do Paraná, Newton Trindade, e o coordenador da equipe de arbitragem na competição, Natal Vilela, realizaram uma reunião com os árbitros que estão apitando o torneio. “Na oportunidade foi abordado assuntos referente à mecânica de arbitragem, regulamento do minihandebol, como é um Festival as regras são um pouco diferentes e a questão pedagógica que será trabalhada com as crianças”, declarou Vilela.

O Festival Paranaense de Handebol conta com o apoio da Prefeitura de Astorga, através do Departamento de Esportes, da Federação Internacional de Handebol (IHF), da Confederação Brasileira de Handebol, da Secretaria do Estado do Esporte e do Turismo (SEET) e da Associação Paranaense de Árbitros de Handebol (APAH). (inf Jaqueline Galvão)