Entenda os principais cuidados do carro Flex

Para aqueles que estão em busca de um Prisma usado ou algum outro automóvel novo ou seminovo, pode levar em consideração também uma característica importante: comprar ou não comprar um carro Flex.
Os chamados carros Flex, também conhecidos como os automóveis biocombustíveis, são veículos equipados com um motor de combustão interna a quatro tempos, podendo, devido a isso, serem abastecidos com mais de um tipo de combustível.
Hoje em dia os carros Flex que estão disponíveis no mercado fazem uso do etanol como segundo combustível. Tais carros já são uma tendência nos Estados unidos, na Europa e também aqui no Brasil.
Esse tipo de carro chegou ao mercado no ano de 2003. Na ocasião nem todos os motoristas tinham muita confiança na eficiência e qualidade dos automóveis biocombustíveis. Porém, aos poucos eles conquistaram uma melhor reputação diante do consumidor.

As características e dúvidas em relação aos carros Flex
Carros de marcas conhecidas pelo público, tais como o Volkswagen Fox, por exemplo, também possuem versões com motor Flex. Nesse contexto, vale conhecer algumas características básicas desse tipo de tecnologia.
Um dos detalhes essenciais dos automóveis biocombustíveis é que o motor funciona da mesma maneira que o motor dos veículos convencionais. Porém, destacando os benefícios de ter a capacidade de comportar mais de um tipo de combustíveis.
É válido, nesse caso, que o motorista quando for abastecer, analise qual é o combustível que vai assegurar para o carro maior autonomia por um preço mais baixo. Dessa maneira ele tem plenas condições de aproveitar os benefícios dessa tecnologia.
Além disso, desde o início da sua vida útil, o motor Flex apresenta capacidade de funcionar bem tanto com gasolina quanto com álcool. O seu sistema interno é projetado para funcionar com os dois combustíveis ao mesmo tempo.
É também interessante salientar que não há uma quantidade exata de cada combustível para a obtenção de um melhor rendimento e um potencial adequado. Porém, é válido destacar que é interessante adotar um equilíbrio.
Nesse contexto, por contar com mais versatilidade graças a capacidade do motor poder ser abastecido com mais de um tipo de combustível, é normal surgirem algumas dúvidas a respeito. Tais como:

É possível fazer a alteração de um combustível para o outro nos carros Flex?
Sim. A mudança pode ser realizada sem gerar transtornos para o motor. Isso porque o sistema de injeção identifica qual o combustível está sendo colocado no tanque e assim regula os parâmetros para um melhor rendimento.
Existe problema em misturar gasolina com álcool nesse tipo de veículo?
Não. O sistema Flex foi criado para obter um bom funcionamento com os dois tipos de combustível ao mesmo tempo ou em separado. E tudo isso sem afetar a longevidade do motor.
Usar sempre apenas um tipo de combustível pode trazer prejuízos para o motor?
Não. É mito a ideia de que o motor do automóvel Flex pode viciar ao fazer uso de apenas um tipo de combustível. Assim como é um equívoco imaginar que fazer a mistura dos dois combustíveis irá proporcionar mais potência para o carro.

Conheça os cuidados em relação aos carros Flex
Hoje em dia, a tecnologia dos motores flex está em constante evolução, assim como as vendas, já que tais carros são bastante procurados pelo público. Porém, ainda que denotem excelência, economia e um bom desempenho, é preciso adotar alguns cuidados em relação a esses veículos.
De uma maneira geral são cuidados simples e que proporcionam para o seu carro mais qualidade. Portanto, vale dar a devida atenção para alguns detalhes essenciais, entre eles é possível mencionar:

A atenção ao efetuar a troca de combustível
Especialistas afirmam que o “vício” ao utilizar apenas um tipo de combustível é um mito. Todavia, é válido ter o devido cuidado quando for efetuar a troca de um combustível para o outro.
Ao efetuar a alteração de álcool para gasolina, ou vice-versa, é preciso rodar por pelo menos cerca de 8 KM para, dessa maneira, ir adaptando o motor. Com isso, o carro Flex vai reconhecendo aos poucos o combustível.

Leve em consideração a qualidade do combustível
O mais adequado, quando o assunto é a qualidade do combustível que vai para o seu automóvel Flex, é sempre pesquisar postos que comprovem a qualidade dos combustíveis.
O fato é que tanto o álcool quanto a gasolina de qualidade duvidosa, podem gerar alguns prejuízos para o motor, resultando assim em um mau desempenho do seu veículo.
Entre os prejuízos que um combustível ruim pode trazer é possível mencionar o motor engasgando, aumento de consumo e até mesmo dificuldades para dar a partida. Sendo assim, cuidado com o combustível de má qualidade.

Evite deixar o tanque na reserva
Muitos motoristas optam por deixar o tanque na reserva por uma questão de economia. Porém, esse não é um procedimento benéfico para o carro. Além disso, é pertinente efetuar a manutenção do filtro de combustível sempre que possível.
Manter o tanque na reserva afeta até mesmo o desempenho do seu veículo e, inclusive, dificulta a limpeza. Isso ocorre porque o combustível armazenado no fundo do tanque traz uma série de impurezas que podem afetar a qualidade do motor.

Não deixe o tanque de gasolina vazio
Uma das características dos carros Flex é contar em sua estrutura com um tanque menor de gasolina. Esse tanque está localizado bem perto do motor e conta com o intuito de auxiliar a partida do veículo.
Esse tanque, que também pode ser chamado pelo nome de Tanque de Partida a Frio, não possui a necessidade de ser mantido sempre cheio. Porém, ele nunca deve permanecer vazio.
Outro ponto de destaque em relação a esse tanque, é que a gasolina presente nele deve estar sempre renovada. Isso porque uma gasolina já envelhecida possui o seu poder de queima bastante reduzido, comprometendo a sua qualidade.

Conclusão
Por tudo isso, e para aqueles que querem comprar Gol Flex ou algum outro carro Flex, vale a pena manter esses cuidados.
E falando em cuidados, que tal compartilhar esse artigo com aqueles seus amigos que desejam comprar um carro Flex, mas ainda não sabem sobre essas diferenças e cuidados?