É hora de pensar na retomada da economia

Deputado Federal Edmar Arruda

O deputado federal Edmar Arruda (PSD), que votou pelo não afastamento do presidente da República Michel Temer, defende que o atual momento requer foco na retomada das atividades econômicas do país. O parlamentar acredita que a atual equipe econômica tem credibilidade e está priorizando a redução das taxas de juros, controlando a inflação e, também, investindo no crescimento das atividades industriais e comerciais. A retomada do emprego, para Edmar Arruda, é o que neste momento mais interessa.
Não votamos para condenar ou inocentar o presidente. O que levamos em consideração é se é útil ao Brasil afastar o presidente por seis meses, justamente nesse momento em que o país está retomando o crescimento. Já tivemos de estabelecer um impeachment nesse mandato e vimos o quanto isso prejudica os investimentos e a estabilidade econômica”, avalia. “Nossa economia estava desmoralizada, ninguém mais acreditava em um país com inflação de dois dígitos e quase 14 milhões de pessoas desempregadas”, completa.
Edmar Arruda considera, ainda, que a equipe econômica do atual governo é coesa e que isso tem contribuído para que, aos poucos, o país recupere índices como o do Produto Interno Bruto (PIB) e o controle da inflação. “Até o desemprego deixou de crescer, o que me faz considerar que não é razoável afastar o presidente por seis meses. Teríamos um longo período de ainda mais incerteza econômica”, defende.
O deputado federal, entretanto, faz uma ressalva em relação a questão ética. “Michel Temer vai responder ao devido processo legal e, se for culpado pelos atos ilícitos, deverá pagar na Justiça como todo cidadão brasileiro. E isso ocorrerá no fim do mandato.”