Dodge quer que parte do quadrilhão do PP vá para Moro

De Lauro Jardim:
A PGR Raquel Dodge pediu a Edson Fachin para reconsiderar a decisão de mandar para o TRF do Rio o trecho do quadrilhão do PP que investiga Francisco Dornelles.
Também questiona o envio da parte referente a João Alberto Pizzolatti e Pedro Henry para o DF.
Segundo ela, ao contrário do quadrilhão do PMDB, o PP centrou sua atuação no loteamento de cargos na Petrobrás e, sendo assim, a jurisdição apropriada para os dois casos seria Sérgio Moro em Curitiba e o TRF de Porto Alegre.
Fachin não tem prazo para decidir. (foto Ailton de Freitas)