Diretor da Celepar, nomeado por Cida Borghetti, é descoberto compartilhando fake news contra Ratinho Junior

(via Blog do Rigon)
O comitê para combater “fake news” no período eleitoral, criado pelo candidato ao Governo do Paraná, Ratinho Júnior (PSD) identificou um diretor da Companhia de Tecnologia de Informação e Comunicação do Estado do Paraná como um dos responsáveis por disseminação de conteúdo falso e ataques pessoais contra o candidato, informa Narley Resende do site Bem Paraná.
Giovani Antonio Soares de Brito (foto), com remuneração mensal de R$ 31.533,77, nomeado para o cargo no final de junho pela governadora Cida Borghetti, é diretor administrativo-financeiro da estatal e compartilhou material em vídeo com conteúdo negativo contra Ratinho Júnior.
Em representação na Justiça Eleitoral, o Diretório Estadual do Partido Social Democrático, solicitou concessão de tutela provisória de urgência para remoção imediata do conteúdo disseminado pelo diretor da Celepar na plataforma do WhatsApp.
O nome do diretor da Celepar foi identificado depois que o jurídico do PSD conseguiu a quebra de sigilo com informações sobre três proprietários de linhas telefônicas que estavam compartilhando os conteúdos. (leia mais)