Coritiba e Maringá empatam em 1 a 1 no Couto Pereira

Coritiba e Maringá empataram em 1 a 1, na noite desta quarta-feira (23), no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. A partida, pela segunda rodada do Campeonato Paranaense, foi resultado das posturas dos dois times e de uma falha do goleiro Wilson, ainda no primeiro tempo. Enquanto o Maringá entrou em campo para marcar e reduzir o espaço do Coritiba, o coxa procurou jogo pelas laterais mas só se destacou nos lances com bola aérea.

Veja como foi a partida:

A primeira etapa do confronto entre Coritiba e Maringá terminou empatada em 1 a 1. Em um jogo sem grandes destaques, os dois times entraram em campo com propostas bem evidentes. Enquanto o Maringá Futebol Clube tentava segurar a movimentação do coxa, reduzindo os espaços e avançando a marcação, o Coritiba procurava espaço para jogar pelas laterais.
Sávio e Iago Dias, tentavam pela direita, mas paravam nas mãos do goleiro Victor. Se com as bolas no chão o time do Coritiba não acertava, foi em uma bola alta que o coxa abriu o placar com Alan Costa, aos 26 minutos do primeiro tempo. A cobrança de Sávio foi certeira, na cabeça do zagueiro, que subiu sem marcação e colocou a bola nas redes.
Após levar o gol, o Maringá FC tentou a mudar a postura e trocou o volante Renan, pelo meio campista Jean. Em um passe errado fora da área do coxa, Tiago Orobó deu um carrinho e conseguiu antecipar a bola, que seria para o goleiro Wilson. Sozinho, de frente para o gol, Orobó só arrastou a bola para dentro e empatou a partida.
O Coritiba ainda pressionou durante os acréscimos, sempre em bolas aéreas, mas parou no goleiro Victor.

Agressividade sem criatividade não deu resultado
O Coritiba entrou no segundo tempo para dominar a partida. A equipe se soltou e mostrou agressividade com lançamentos, bolas longas e até lances individuais. Aos 10 minutos da segunda etapa, Orobó quase marcou o segundo e parou nas mãos de Wilson.
Aos 15 minutos, Igor Jesus, jogador revelado na base do Coxa, entrou no lugar de Mateus Bueno.
A equipe da cidade canção não alterou o esquema tático durante a partida, mesmo com a entrada do meio campo Silas. Aos 31 minutos, o meia arrematou de fora da área e fez Wilson se esticar para espalmar a bola para fora.
Após os 40 minutos, a pressão foi toda do time do Coxa, que aproveitou bolas aéreas para levar perigo ao gol de Victor, mas sem sucesso. (inf Massa News)