Capela Nossa Senhora de Fátima será inaugurada dia 13 no Jardim Imperial

A comunidade do Jardim Imperial e proximidades contará com uma capela dedicada à Nossa Senhora de Fátima. A Santa Missa de inauguração será celebrada domingo (13) às 9h. A nova capela fica na Av. Américo Belay, 945, e pertence à paróquia Nossa Senhora Aparecida, Vila Esperança, Maringá.
Por ocasião das festividades de Nossa Senhora de Fátima, a comunidade inicia nesta quinta-feira (10) o Tríduo, às 20h. Dias, 10, 11 e 12, após as celebrações, haverá praça de alimentação no local.

História da capela
A construção de uma igreja sempre nasce de uma necessidade comunitária, entre pessoas que se reúnem para rezar e celebrar a relação com Deus. A capela Nossa Senhora de Fátima nasce deste contexto: Comunidade que cresceu em torno dos Grupos, das Celebrações comunitárias, das rezas do terço e das novenas nas casas, e, com este crescimento viu a possibilidade de ter um espaço comum de encontros e de celebrações. Com a construção da capela haverá aumento de atividades e celebrações. Será um modo a mais também de reunir os fiéis em torno do Amor de Deus, Pai que ama e chama a todos.

Existe uma história muito bonita em torno da criação da Comunidade e da construção da capela que tem como padroeira Nossa Senhora de Fátima. Por sinal, uma história cheia de coincidência.

No ano de 1954, quando o senhor Silvino Dias e sua esposa Helena mudaram para esta região de Maringá – antiga fazenda Diamante – onde é hoje o Jardim Imperial, o primeiro desejo era o de construir uma “igreja” para atender às pessoas que moravam em meio ao farto plantio de cafezal na região. Filho de pais portugueses, Silvino e sua esposa eram muito devotos de Nossa Senhora de Fátima e sempre almejaram uma comunidade onde a Santa de origem devocional portuguesa fosse a padroeira.

Passaram-se os anos, e no dia 13 de fevereiro do ano de 2006, exatamente 62 anos depois, era pároco o Padre Altair Ciarallo e durante o Conselho de Pastoral pediu que fossem escolhidos os padroeiros para as comunidades de Base. Na escolha, sem conhecerem a história, os fiéis do Jardim Imperial escolheram Nossa Senhora de Fátima como padroeira. Agora, a área da antiga fazenda Diamante, hoje, Jardim Imperial, recebe uma comunidade com o nome e proteção da Santa que desde o início acompanhou seus moradores. Coincidência ou não, podemos ver tudo isto como um sinal do amor materno de Deus pela nossa comunidade e pelas nossas famílias.
A construção da capela teve início em fevereiro de 2016. (inf Everton Barbosa)