Brasil tem cenários perfeitos para a prática de esportes aquáticos

Canoagem, surfe e rafting estão entre as opções que podem ser praticadas em diferentes regiões do país. Brasil tem cenários perfeitos para prática de esportes aquáticos
O Brasil tem cenários perfeitos para quem gosta da prática de esportes aquáticos: não faltam praias, rios, corredeiras e lagos. As opções de esportes também são variadas e vão do surfe ao rafting.
Os esportes aquáticos fazem bem para o corpo: queimam calorias, modelam, ajudam a ganhar flexibilidade e força. Além disso, também fazem bem para a mente: relaxam, reduzem o estresse e permitem o contato direto com a natureza.
Veja abaixo alguma das práticas mais comuns no Brasil:
Surfe: Com praias de diferentes tipos de onda, o país até “cria” surfistas profissionais e campeões como Gabriel Medina.
Surfe: prática muito comum nas praias do Brasil
Projeto Golfinho Rotador
Wakeboard: Com a ajuda de um barco, é possível “surfar” águas de lagoas. Exercício exige equilíbrio e força abdominal.
Jovem pratica wakeboard na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio
Pedro Kirilos / Riotur
Canoagem: Sozinho ou acompanhado, é possível navegar com a ajuda de remos por mares e rios.
Passeio de canoa no mar de Fernando de Noronha
Divulgação
Stand up paddle: Sozinho, você flutua com a ajuda de uma prancha maior do que a de surfe e um remo.
Stand up paddle é modalidade de sucesso
Divulgação
Rafting: Prática radical, exige força para enfrentar correntezas descendo rios em botes infláveis e em grupo.
Rafting é uma das atrações mais procuradas em Brotas
Gabriela Martins/G1