A culpa não é minha

O vereador Homero Figueiredo Marchese (PV), investigado por uma Comissão Processante por conta de três sérias denúncias, entregou nesta quarta (18) sua defesa.
Há também expectativa em torno da defesa em relação à indicação de um ex-assessor, condenado por improbidade administrativa, o que contraria lei municipal de 2013, a Lei Ficha Limpa Municipal.


Na sua defesa junto ao Ministério Público Estadual, que investiga esta denúncia, o vereador escreveu que, se houve culpa, foi da própria Câmara de Maringá. Se ele continua adotando a mesma linha é uma das interrogações de seus pares e até de funcionários do Legislativo. (inf Angelo Rigon)