2 anos após campeonato e nehuma satisfação

Imprimir

Completa hoje dois anos que o organizador do campeonato de balonismo, Adriano Perini, realizado em Maringá não retornou ao Legislativo Municipal para esclarecer onde conseguiu gastar R$ 80 mil Reais do contribuinte maringaense.
O repasse da verba pública foi atestada por 10 vereadores, alguns depois ainda se arrependeram, até por que ninguém viu balão nenhum cidade praticamente.
o vereador Mario Verri (PT) alertou na época aos demais vereadores de que o evento estava cercado de irregularidades, principalmente na titularidade da empresa promotora. Diante das dúvidas levantadas, até mesmo a emissora RPC TV, que dava apoio ao evento, diminuiu sensivelmente a divulgação em seus telejornais.  Verri chegou a protocolar na sessão requerimento para que os organizadores e a Prefeitura detalhassem todos os gastos dos 80 mil Reais e quanto foi arrecadado de alimentos, uma das promessas dos organizadores, que repassariam os alimentos para instituições de caridade da cidade.
O mesmo campeonato já havia surrupiado nos anos de 2006 e 2010 à 2013, a soma exorbitante de R$ 439.140,11.