Local que deveria ser área de lazer pode dar lugar a novos túmulos

Imprimir

Via Angelo Rigon;
O Instituto Ambiental do Paraná já recebeu o alerta de que a prefeitura e a nova direção do cemitério municipal de Maringá  pretendem aumentar a capacidade do cemitério, um acabado exemplo da falta de planejamento e desprezo pela população.
O aumento inclui aquela área na ponta das ruas Saulo Porto Virmond e Mem de Sá (a rua do IML), local que moradores há anos querem ver como uma área de lazer, com quadra poliesportiva, ATI e parque infantil, já que a região teve um grande avanço populacional nos últimos anos (há muitos prédios residenciais por ali).
Um morador preocupado também questiona o aspecto ambiental, “pois se houver este novo aumento do cemitério municipal seus jazigos e túmulos ficarão praticamente a 10 metros de janelas dos prédios circundantes, inclusive havendo risco de contaminação de poços artesianos na região ”. Resta aguardar uma posição do IAP.