Agride a ex, e resolve se jogar de torre em Paiçandú

Imprimir

Depois de agredir a ex-amásia, um homem de 41 anos subiu em torre de alta tensão, em Paiçandu, de onde ameaçou se jogar na tarde desta terça-feira (28). Policiais militares, bombeiros e até um pastor da cidade negociaram por cerca de três horas até contornar a situação. Por volta das 9h30, Alberto Ferreira da Silva, que teria acabado de retornar de uma temporada no Mato Grosso, foi até a casa da ex-companheira Tereza de Jesus Carvalho, de 34 anos, tentar reatar o relacionamento.
Inconformado com a negativa dela, o homem agrediu a mulher com uma faca e um martelo. Ela foi ferida com uma facada na mão e uma martelada na cabeça. A polícia esteve no local, mas não encontrou o agressor, que acabou localizado duas horas e meia depois na torre de alta tensão na Estrada Chica-Chica.
Foram necessárias quase três horas de negociação (e a presença a pedido de Silva, de uma equipe do programa de TV Maringá Urgente, um dos bombeiros escalou a torre com uma câmera de filmagem), até que, por volta das 15h, Silva desceu da torre.
Em solo, o homem foi detido e encaminhado para a Delegacia de Paiçandu. (inf. Rosângela Gris)

 

 

 

 

 

 

Algumas pessoas mais maldosas que aguardavam o desfecho do caso, gritavam para Silva, "que sua ex mulher lhe havia dado foi um par de chifre, não um par de asas para ele querer voar desse jeito." (foto: Maringá Urgente)

Última atualização ( Qua, 29 de Setembro de 2010 14:29 )