PMDB rompe com PT em Maringá por desgaste de "escândalo das caronas"

Imprimir

A executiva regional do PMDB do Paraná rompeu relações com o PT de Maringá e consequentemente com o pré-candidato a prefeito Enio Verri (PT). O motivo, segundo dos peemedebistas, é o escândalos das caronas aéras com jatinhos da empreiteira Sanches Tripoloni. Preocupado com o desgaste, o PMDB escolheu o vereador e presidente da Câmara Mário Hossokawa como pré-candidato do PMDB à prefeitura de Maringá.
A direção municipal do partido que vinha trabalhando pela coligação será comunicada desta mudança hoje. (inf Fabio Campana - foto montagem Agnaldo Vieira)

Última atualização ( Ter, 30 de Agosto de 2011 11:42 )