.Muitas de vocês vão dizer que sexo não é tão importante no relacionamento e até poderiam ficar semanas sem contatos íntimos, mas para sua saúde pode ter certeza que manter a disposição sexual em dia é fundamental. Quando eu falo da importância do sexo não estou falando da penetração em si, mas sim da conquista, do cheiro, do olhar, do beijo, dos amassos e até mesmo da masturbação solo… a penetração é só uma finalização e esta longe de ser a parte mais importante. Depois de ler esta lista tenho certeza que você vai querer incluir mais intimidades no seu relacionamento.

Durante o orgasmo os músculos vaginais entram em contração como se estivesse em uma plataforma vibratória! É um excelente meio de manter essa musculatura ativa.
A lubrificação natural possui esqualeno, uma substância capaz de aumentar a imunidade íntima. Além de nutrir o tecido vaginal é capaz de manter nossa vagina longe de atrofias devido a quedas hormonais por mais tempo.
Orgasmo com frequência aumentam sua criatividade e poder de tomada de decisão. Isso é excelente para você que deseja empreender.
Sexo modifica sua pressão arterial, reduzindo a chance de desenvolver doenças cardíacas, além de ativar sua testosterona que é importante para a manutenção dos vasos sanguíneos.
Sexo faz você apreciar o seu corpo, inspirando aquela dieta prometida. Isso é muito aparente quando encontramos um novo amor.
O sêmen possui em sua composição testosterona, estrogênio, hormônios luteinizantes e estimulantes de folículo que deixam seu ciclo menstrual regular quando você transe com frequência, mas é claro, não deixe de solicitar exames de DSTs para seu parceiro.

Não haverá mais enxaquecas. Esta noite permita-se! Mulheres com dores tensionais relatam que o sexo realmente alivia dores de cabeça, pela liberação de endorfinas.
Uma chuva de ocitocina, o hormônio do amor, vai garantir que você se sinta em clima de lua de mel por mais tempo. De um chega pra lá nas briguinhas pela rotina e falta de intimidade.
Sexo é uma jogada inteligente que garante melhora do fluxo sanguíneo para o cérebro, além de estimular seu hipocampo, acentuando sua memória.
Menos queixas vaginais já que durante o orgasmo as contrações uterinas promovem uma limpeza da região. Lembre que camisinha é o único meio de proteção contra DSTs.

Pegue já um calendário e comece a anotar os dias que você irá ter relação, não deixe faltar em nenhuma semana. Vale uma massagem sensual, masturbação mutua, sexo oral, anal ou o tradicional papai e mamãe. O que importa é você se entregar a esta enxurrada de hormônios do bem.

Ana Cristina Gehring
Fisioterapeuta Pélvica especializada em disfunções sexuais femininas e na promoção de saúde íntima atuante em Porto Alegre. É blogger do instagram @vaginasemneura que reune mais de 104 mil mulheres. Palestrante de saúde íntima e sexualidade e idealizadora de diversos produtos sensuais voltados a melhora da vida sexual da mulher.